quarta-feira, 14 de julho de 2010

Sê, lê, pense, escreva.

"Grandes são os desertos, e tudo é deserto.
Não são algumas toneladas de pedras ou tijolos ao alto
Que disfarçam o solo, o tal solo que é tudo.
Grandes são os desertos e as almas desertas e grandes
Desertas porque não passa por elas senão elas mesmas,
Grandes porque de ali se vê tudo, e tudo morreu.

Grandes são os desertos, minha alma!
Grandes são os desertos."



Álvaro de Campos certamente é o heterônimo de Fernando Pessoa que mais me agrada. Até agora.

Muitos poemas dele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...